sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Miscelânea

O que eu priorizo, o que me toca, o que me atinge, o que me toma por inteiro é baseado em pensamentos positivos, em sentimentos com consistência, em atos e não em palavras jogadas ao vento. Levo a superficialidade como algo que se leva para passar o tempo. O que baseia-se na consistência das evidências deve ser levado com a maior responsabilidade e maturidade. Mas o que trata-se de superficialidade, na superficialida permanecerá e muito improvavelmente de posto mudará. Incrível, como o pensamento afeta! Estava eu a conversar com meus botões e esclarecendo por dentro o que aflora por fora. Não adianta querer mostrar uma face irreal, inexistente, falsa, fingindo ser uma coisa quando na verdade se é outra. A "afetação" vai além disso, vai além da fachada! É coisa de energia. Quando se está bem, mesmo séria, a pessoa mostra um brilho no olhar, um jeito firme de agir, algo a mais que transparece além da face. Penetra no outro. Isso sim afeta! Quantas fachadas vagando andam por ai. Exibindo a maior e mais vazia felicidade do mundo. Acorda! Não adianta....é coisa de energia! A face ri e o coração chora! Não tem como esconder os sentimentos, os desejos, os anseios, definitivamente não tem! Esses sentimentos afloram em forma de energia. Ainda que você ria....o que transparece é a sua energia. O que afeta é a sua real intenção. Isso serve para qualquer ocasião, para qualquer situação. Então é bom que o sentimento e a sensação sejam encarados com naturalidade, com respeito e resposabilidade pelo que se sente! Sem vergonha de se assumir por inteiro, intensamente!

2 comentários:

Igor Ferreira disse...

Gostei ^^

Saudades de vc ...

Luis Eduardo Campagnoli disse...

"Estava eu a conversar com meus botões e esclarecendo por dentro o que aflora por fora."

Senti inveja dessa frase. Senti mesmo, e daí? Se eu escrever alguma coisa oficial qualquer dia, vou tratar de plagiá-la, na cara dura mesmo. Tô nem aí. Haha, sério, mandou bem.