segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Silêncio

Você mexe comigo
Seu jeito, seu tipo
Eu me escondo, fujo, finjo
E ainda existe essa timidez
Do olho no olho
Do sim ou talvez
Porque a verdade se esconde
Você nunca sabe
O que é de fato a realidade

O silêncio oportuno é mais eloquente do que o discurso ...

2 comentários:

Eduardo Campagnoli disse...

...

Rafael Chino disse...

hauihaui preciso arrancar verdades de ti